Grêmio em Ação

Nosso Grêmio Geração Consciente, ocupando espaços na escola para lazer dos nossos alunos.

2 comentários sobre “Grêmio em Ação

  1. Michael Gomes Ribeiro disse:

    Meu nome é Michael,sou pai de um aluno e queria declarar que o Grêmio estudantil só serve pra tirar os alunos da sala e fazerem eles perderem matérias importantes,pois quem deveria cuidar da escola é o governo do Estado não os alunos,pois eles não sabem diferenciar estudos de responsabilidade,e além disso todos deveria fazer parte disso,pois a opinião de 10 pessoas não prevalecem sobre a de 500.
    Os candidatos brasileiros são eleitos de uma forma parecida,por isso o Brasil é essa bagunça

    Agradeço a direção por andar a chance de eu espor um comentário, agradeço.

    Curtir

    • E.E.E.I. Luciane do Espirito Santo disse:

      Obrigado pelo comentário. Mas o Grêmio estudantil é uma organização sem fins lucrativos que representa o interesse dos estudantes e que tem fins cívicos, culturais, educacionais, desportivos e sociais. O grêmio é o órgão máximo de representação dos estudantes da escola. Atuando nele, você defende seus direitos e interesses e aprende ética e cidadania na prática. Isso significa que aprendem na prática. Os Grêmios Estudantis compõem uma das mais duradouras tradições da nossa juventude. Pode-se afirmar que no Brasil, com o surgimento dos grandes estabelecimentos de ensino secundário, nasceram também os Grêmios Estudantis, que cumpriram sempre um importante papel na formação e no desenvolvimento educacional, cultural e esportivo da nossa juventude, organizando debates, apresentações teatrais, festivais de música, torneios esportivos e outras festividades. As atividades dos Grêmios Estudantis representam para muitos jovens os primeiros passos na vida social, cultural e política. Assim, os Grêmios contribuem, decisivamente, para a formação e o enriquecimento educacional de grande parcela da nossa juventude. A Secretaria de Estado da Educação órgão a qual todas as escolas públicas estão subordinadas, entende que toda representação estudantil deve ser estimulada, pois ela aponta um caminho para a democratização da Escola. Por isso, o Grêmio nas Escolas públicas deve ser estimulado pelos gestores da Escola, tendo em vista que ele é um apoio à Direção numa gestão colegiada. Em 1985, por ato do Poder Legislativo, o funcionamento dos Grêmios Estudantis ficou assegurado pela Lei n. 7.398, como entidades autônomas de representação dos estudantes. Por esse motivo, que argumento. Estamos dentro da Lei.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.